magia dos encantos da arte

“(…) Voltemos ao meu assunto: um mestre de balé precisa conhecer as belezas e as imperfeições da natureza, pois esse estudo lhe permitirá fazer uma escolha acertada de cenas que serão ora poéticas, ora históricas, ora críticas, ora alegóricas e morais. Não poderá deixar de inspirar-se em modelos tirados de todas as posições sociais, de todos os estados, de todas as condições. Se goza de celebridade, poderá pela magia e pelos encantos de sua arte, quanto o pintor e o poeta, fazer punir e detestar os vícios, assim como amar e recompensar as virtudes. (…) Sou vosso, etc…” (NOVERRE, Jean-Georges, Carta 6, apud MONTEIRO, Marianna, 2006, p.227.)s

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: